segunda-feira, 11 de maio de 2009

OS CICLOS EM NOSSAS VIDAS

Se prestarmos atenção, iremos constatar que tudo se repete em nossas vidas.
Vivemos de ciclos em ciclos, aprendendo ou não, aproveitando as oportunidades ou não.
Primavera, Verão, Outono, Inverno.
Aquilo que há fora, também acontece dentro de nós.
Em nossa Primavera interior, nossa energia está em equilíbrio.
Há tanto a nosso dispor, tanto a se fazer, construir.
Tudo transborda em vida, em amor.
Há serenidade, prazer, alegria.
Se usarmos nossos talentos, será uma fase de realização e crescimento.
Aí, nos agitamos, perdemos nosso equilíbrio, tudo à volta parece ter uma vibração muito maior, uma velocidade incompatível com aquilo que somos.
É nosso Verão.
Tudo acontece tão rápido e, se não tomarmos cuidado, vamos além dos nossos limites.
Tudo ferve. Entra em ebulição. É uma fase de extremo perigo.
Porque, em excesso, o calor queima, destrói.
Existem também aquelas fases mornas - nosso Outono -
em que tudo parece ir contra os ponteiros do relógio.
Os dias demoram a passar. Aquilo que você espera nunca, nunca está ao alcance das mãos.
Um ritmo lento invade a vida e é preciso prestar atenção.
Porque é aqui que temos que usar nossa sabedoria e fazer o tempo trabalhar a nosso favor.
É nessa fase que podemos nos preparar para o que virá adiante: nos fortalecendo, trabalhando nossa auto-estima, acreditando em nosso potencial.
Criamos "reservas" interiores para o Inverno que, certamente, chegará.
Também podemos aproveitar para limpar de nossas vidas tudo aquilo que não mais nos serve, desde nossos bens materiais, até sentimentos e emoções negativas. São as "nossas folhas" que temos que permitir que se vão. É um período de desapego e limpeza.
Fazendo o nosso melhor a cada dia, quando o Inverno surge, não nos preocupamos.
Fizemos o nosso abrigo. Temos o calor de nossas conquistas.
Nossa despensa interior está plena de alimento para a alma.
Não há o que temer.
Sendo assim, eu pergunto: em que estação você está?
Observe!




Nenhum comentário:

Postar um comentário