terça-feira, 12 de julho de 2011

PASSADO, PRESENTE, FUTURO

Quero perder o medo dos vazios, da folha em branco,
das curvas nas esquinas.
Quero simplesmente me entregar em confiança.
Prestar atenção em cada tom.
Nas notas, em todas as coisas.
Graves, agudos, vermelhos e pálidos.
Em retribuição à Vida, também espalharei cores.
Derramarei cheiros e odores, tintas, carícias.
Esse é o segredo do Tempo!
Em mágica alquimia, ver surgir o produto de suas idéias,
Sentir a emoção de cada encontro,
Se deixar arrepiar pelos sons de uma melodia perfeita.
Provocar prazer e saudade.
Construir cada dia, como quem arruma a mala pra viagem.
Depois olhar a foto amarelada,
em meio a tantas outras e
querer ainda mais, muito mais
Sueli